close

Marketing Digital

Marketing Digital

8 razões pela qual sua campanha de Marketing de Conteúdo falhou!

Marketing de Conteúdo não é nova e tem sido promovido, aos seus clientes, desde as primeiras agências de publicidade e marketing. Utilizando o conteúdo essencial como parte de sua estratégia global de marketing, mas a dificuldade coloca é como fazer isso de forma eficaz, utilizando meios digitais disponíveis para nós na idade moderna.

Há uma série de equívocos em torno de como usar o conteúdo em sua estratégia e campanhas de marketing, veja agora:

1 – Marketing de Conteúdo

Quão difícil pode ser, tudo o que você precisa fazer é escrever alguns posts e enviar uma newsletter a cada mês, e aqueles que estão interessados ​vai encontrá-lo e amá-lo, certo?

Errado. Marketing de conteúdo eficaz requer uma pesquisa aprofundada, o planejamento e conteúdo habilmente construído em uma variedade de meios e formatos que terá como alvo uma base de usuários muito específicos para atender seus desejos e necessidades. Finalmente você quer se envolver, educar e influenciar a sua base de fãs já existente, e construir essa base ainda mais para tornarem-se seus defensores da marca final e ajudar com o seu marketing.

2 – Conteúdo de Marketing de Vendas

Sim, é verdade, mas não como se poderia pensar. O conteúdo deve ser utilizado de forma eficaz para atrair clientes potenciais através do funil de vendas e que é um processo de longo prazo. O usuário precisa ser guiado através das fases de prospecção, para liderar, e finalmente, para repetir comprador, e cada parte do conteúdo que você criar deve se encaixam nesse processo.

3 – Pesquisa – Para quê?

Eu sei que meus clientes são e o que eles querem de mim, eu não preciso fazer a pesquisa. É triste dizer que a partir de experiência, há um grande número de marcas e empresas que não têm a menor ideia de quem é o seu público-alvo, ou quais são suas necessidades quando se trata de consumo de conteúdo.

Em profundidade pesquisas são necessárias para identificar, em primeiro lugar, o que exatamente você precisa falar e também que a audiência adicional pode não ser considerada. Você precisa encontrar as suas questões, dúvidas, desejos e precisa ser capaz de falar com estes de forma eficaz.

4 – Estratégia – Eu vou improvisar

Uma estratégia eficaz de conteúdo deve ser planejada com bastante antecedência, tendo em conta os acontecimentos importantes da indústria e eventos da marca, como lançamentos de novos produtos ou aniversários de negócios. Tudo isso deve ser planejado, enquanto permanecer ágil para garantir notícias e eventos.

5 – Briefing de conteúdo, o que é isso?

Na maioria dos casos, você terá um número de pessoas que trabalham em seus esforços de marketing de conteúdo e vai exigir a entrada de designers, desenvolvedores e autores de conteúdo.

Efetivamente informem os objetivos e os resultados de cada campanha de marketing de conteúdo e peça individualmente para que todos os envolvidos deem enorme importância.

6 – Criação de Conteúdo

Excessivas vezes os criadores e marcas de conteúdo têm uma atitude descuidada quando se trata de qualidade de conteúdo, escolhendo, em vez de um projeto descolado ou elemento interativo. Claro, uma boa parte de visita contribui positivamente para a percepção global da peça, mas não subestime o consumidor, eles vão detectar erros e chamá-lo para uma ação

7 – Planejamento Promocional

Acho que vou compartilhar esse conteúdo no Facebook e Twitter!

Provavelmente não, mas utilizando os seguidores de sua marca e base de fãs é definitivamente um bom começo. Há uma série de fatores adicionais a serem considerados, como o fato de que todas as plataformas de promoção não são iguais e nem todos sob medida para o mesmo público. Seus esforços promocionais devem ser direcionados e personalizados para falar com o público certo onde eles consomem suas informações.

8 – Definir e esquecer

Provavelmente uma das etapas mais importantes do marketing de conteúdo eficaz é a avaliação dos resultados e demarcações do sucesso ou fracasso de uma campanha. Como você avalia o sucesso de uma campanha irá depender muito dos objetivos e metas que foram definidas para cada um. Algumas perguntas são:

  1. Quem está vendo o meu conteúdo?
  2. Que tipo de conteúdo está promovendo o engajamento?
  3. Quando e por quanto tempo eles estão se engajando com o meu conteúdo?
  4. Onde está o meu público que se envolve com o meu conteúdo?
  5. Que conteúdo está sendo compartilhado e mencionado em outro lugar?
  6. Qual o conteúdo é a geração de leads?
  7. Meus assinantes estão aumentando?
  8. Que conteúdo está ajudando nas vendas?
  9. Como o meu conteúdo influencia a percepção da marca?
  10. O meu conteúdo é crescente liderança de pensamento para a minha marca?

Se você é sério sobre o marketing de conteúdo, construção de marcas e gerar clientes, portanto é melhor você aprender a quebrar agora estes oito equívocos. Como qualquer outro negócio, se você vai fazê-lo, faça-o direito.

leia mais
Marketing Digital

O Segredo que nem todo mundo sabe (Revelado)

O Segredo lhe dá tudo o que você quiser: felicidade, saúde e riqueza.

Nós podemos ter qualquer coisa que escolhermos.
Não importa o tamanho do desafio.
Em que tipo de casa quer morar? Quer ser milionário? Que tipo de negócio quer ter? Quer mais sucesso? O que você realmente quer?

Os líderes do passado que detinham O Segredo queriam manter o poder, e não compartilhá-lo. Cultivavam a ignorância do Segredo. As pessoas iam para o trabalho, faziam suas tarefas e voltavam para casa. Não havia poder em sua rotina, porque O Segredo era mantido por poucos.

O que é O Segredo?

Você provavelmente está se perguntando: “O que é O Segredo?” Eu vou lhe contar como passei a entendê-lo.

Todos nós lidamos com um poder infinito e nos guiamos exatamente pelas mesmas leis. As leis naturais do Universo são tão precisas, que não há dificuldade em construir espaçonaves.

Podemos enviar pessoas à Lua, marcando a hora do pouso com precisão de frações de segundo.

Onde quer que você esteja – Índia, Austrália, Nova Zelândia, Londres, Brasil – todos lidamos com um único poder, uma única Lei: a atração!

O Segredo é a Lei da Atração!

Tudo o que entra em sua vida é você quem atrai, por meio das imagens que mantém em sua mente. É o que você está pensando. Você atrai para si o que estiver se passando em sua mente.

“Cada pensamento seu é uma coisa real – uma força.”

Os maiores mestres de todos os tempo revelaram que a lei da atração é a lei mais poderosa do Universo.

Em 1912, Charles Haanel descreveu a lei da atração como “a maior e mais infalível lei, da qual depende todo o sistema da criação”.

Porque você acha que 1% da população ganha cerca de 96% de todo o dinheiro que circula? Você acha que isso acontece por acaso? Isso é planejado assim. Esse 1% entende algo. Eles entendem O Segredo, e agora você está sendo apresentado a ele.

As pessoas que atraíram riqueza para suas vidas usaram O Segredo, consciente ou inconscientemente. Com pensamentos de abundância e riqueza, elas não permitem que nenhum pensamento contraditório se fixe em suas mentes. Seus pensamentos predominantes são de riqueza.

A lei reage a seus pensamentos, não importa quais sejam.

John Assaraf disse:

‘Nós, seres humanos, temos como tarefa nos agarrar aos pensamentos daquilo que desejamos, tornar completamente claro em nossas mentes o que desejamos, e a partir daí começarmos a invocar uma das maiores leis do Universo: a lei da atração. Você se torna aquilo em que mais pensa, mas também atrai aquilo em que mais pensa’.

O que você vê na sua mente é o que vai ter na sua mão. (Bob Proctor)

Se você pensar sobre o que quer e faz disso seu pensamento dominante, você trará isso para sua vida. Esse princípio pode ser resumido em três simples palavras: Pensamentos viram coisas!

Atraia o bem e não o mal

Eis o problema: a maioria das pessoas pensa no que não quer e se pergunta por que é que isso sempre acontece. (John Assaraf)

O único motivo por que as pessoas não têm o que desejam é que elas pensam mais no que não desejam do que naquilo que de fato desejam. Ouça seus pensamentos e as palavras que você está dizendo. A lei é absoluta, e não existem erros.

A lei da atração não se importa se você acha algo como bom ou ruim, ou se você o deseja ou não. Ela apenas reage ao seus pensamentos. Portanto, se você pensa em uma montanha de dívidas, sentindo-se péssimo em relação a isso, esse é o sinal que você está propagando no Universo. “Eu me sinto realmente mal por causa de todas as dívidas que contraí”. Você está simplesmente afirmando isso para si mesmo. Você sente isso em cada nível de seu ser. E é disso que você vai ter mais.

A lei da atração é a lei da natureza. É impessoal e não distingue as coisas boas das más. Recebe seus pensamentos e os reflete de volta a você como sua experiência de vida. A lei da atração simplesmente lhe dá seja lá o que for que esteja em seu pensamento.

Quando você concentra seus pensamentos em algo que deseja, e se mantém concentrado, naquele momento você está pedindo o que deseja com o poder mais forte do Universo. A lei da atração não computa “não”, “nem” ou “nunca”, ou nenhuma outra palavra de negação. Quando você fala negativamente, isto é o que a lei da atração recebe.

“Eu não quero derramar coisa alguma nesta roupa.”
“Eu quero derramar alguma coisa nesta roupa e em outras coisas.”

“Eu não quero um corte de cabelo feio.”
“Eu quero cortes de cabelo feios.”

“Eu não quero me atrasar.”
“Eu quero atrasos.”

“Eu não quero que aquela pessoa seja rude comigo.”
“Eu quero que aquela e mais pessoas sejam rudes comigo”.

“Eu não consigo dar conta de todo este trabalho.”
“Eu quero mais trabalho do que posso dar conta.”

“Eu não quero pegar um resfriado.”
“Eu quero pegar o resfriado e quero pegar mais doenças.”

A lei da atração lhe dá aquilo em que você pensa – e ponto final!

A lei da atração está sempre funcionando quer você acredite ou não. (Bob Proctor)

O poder de sua mente

Você atrai os pensamentos predominantes, conscientes ou inconscientes, que retém na consciência. Este é o X da questão.

Quer tenha estado consciente de seus pensamentos no passado, quer não, agora você está tomando consciência. Neste instante, com o conhecimento do Segredo, você desperta de um sono profundo e se torna consciente! Consciente do conhecimento, da lei, do poder que possui por meio de seus pensamentos.

O grande  Segredo da Vida é a Lei da Atração!

Este artigo é um trecho do livro que estou lendo The Secret – O Segredo. Se você gostou e quer saber mais sobre O Segredo recomendo que compre o livro, vale muito a pena este trecho é apenas 5% do que contém no livro.

Espero ter lhe ajudado e gostaria que deixa-se um comentário sobre o que você pensa a respeito deste assunto.

leia mais
Marketing Digital

7 dicas para você se manter, inspirado e criativo como blogueiro

Muitas vezes me deparo com esse tipo de questionamento e há certamente momentos em que não me sinto, ‘inspirado’ ou ‘criativo’.

Uma das coisas que tenho feito é separado um tempo em cada semana para atividades que me ajudam a me manter renovado. Essas atividades não são específicas para o blog e acredito que pode ser útil para pessoas que trabalham em outros segmentos particularmente aqueles em que você precise desenvolver ideias e ser criativo.

Fiz um breve resumo dos tipos de atividades que tento incluir em minha vida a cada semana:

1. Inspiração

Quando não estou inspirado, acho muito difícil ser criativo ou gerar ideias. Então toda semana eu tento construir momentos para entrar em contato com meus sonhos. Me coloco em lugares onde eu sou suscetível a me inspirar. Isso inclui tudo, desde passar um tempo com pessoas inspiradoras, assistir vídeos, participar de eventos inspiradores, assistir bons filmes e ler livros.

2. Preparação

Quando trabalhamos em um grande projeto, muitas vezes nos sentimos muito sobrecarregados com todo esse processo, não é?

Assim, eu acho que posso tirar um pouco da pressão separando um tempo para a ‘preparação’ da tarefa de criar o projeto. Eu reservo um tempo para a pesquisa, para ler sobre o assunto, conversar com outras pessoas e planejar como fazer para começar o projeto. Isso pode soar um pouco como procrastinação, mas acho que, separando um tempo para a “preparação”, a qualidade do que eu realmente “criar” é muito maior.

3. Criação

Cada semana eu separo tempo significativo para ‘criar’. Para mim, a criação gira, em grande parte, em torno da criação de conteúdo (blogs, vídeos, apresentações) e por causa do cronograma de publicação, você deve fazer isso diariamente.

Por exemplo: se eu preciso publicar dois posts por dia, eu preciso manter esse cronograma atualizado.

Para mim, o momento da criação é geralmente na madrugada. Meu horário de Ouro é das 3 às 5h, que é um tempo que consigo me dedicar inteiramente ao que estou fazendo.

4. Realização

Alguns anos atrás, passei por uma fase de criação de uma grande quantidade de conteúdo que, em seguida, ficava inacabada por semanas, mesmo meses. Isso porque me distraía com coisas novas ou perdia a inspiração ao longo do caminho.

Então eu comecei a construir tempo para “completar” essas matérias.  Muitas vezes, uso parte do tempo para ‘completar’ essas tarefas na parte da tarde ou à noite.

5. Atividades sem sentido

Recentemente li alguns posts para descobrir onde as pessoas obtém as suas melhores ideias. Fiquei espantado como muitas pessoas disseram duas coisas: “no chuveiro ” e ” enquanto caminhava/fazia exercício”. E eu sou exatamente assim.

Costumo ter momentos criativos enquanto eu estou fazendo algum tipo de atividade sem sentido. Para mim pode ser enquanto estou no chuveiro ou quando estou lendo alguma coisa. Percebi isso há algum tempo e decidi pontuar cada dia com atividades irracionais.

Eu não programo essas atividades para horários específicos de cada dia, mas quando eu terminar algo em que eu estou trabalhando, vou apenas fazer essas atividades sem sentido em seguida, antes de iniciar a próxima atividade.

 6. Descansar

Nunca fui adepto a trabalhar 44 horas por semana, por isso decidi ser autônomo e iniciar meu próprio negócio. Contudo, como todo negócio, você precisa se dedicar ao máximo para ver o resultado desejado, o que te desgasta muito fisicamente e emocionalmente, podendo te levar a um verdadeiro stress.

Depois que iniciei meu novo trabalho, dessa vez online, entendo a importância do equilíbrio trabalho/vida, e o pratico. Tiro férias mais regulares, dificilmente trabalho durante muito tempo nos fins de semana e tento sempre tirar algumas horas off. Ainda trabalho duro, mas eu também priorizo o resto e vejo o impacto positivo que tem sobre o meu negócio e minha vida.

7. Aperfeiçoamento Pessoal

Por último, a cada semana eu tento fazer algo que não é tanto sobre a criação de conteúdo ou melhora do meu negócio, mas que me melhora de alguma forma.

Muitas vezes olhamos para os primeiros anos da nossa vida quando frequentamos a escola ou universidade como o período “educativo” da nossa vida. Mas eu sempre achei que se eu não estivesse aprendendo, me esforçando ou não trabalhando em algo para melhorar as minhas habilidades ou conhecimento, eu estaria estagnado. Como resultado, eu gostaria de ter alguns mini-projetos para trabalhar.

Esses projetos podem variar desde, como aprender um novo idioma, até aqueles mais sérios, relacionados ao meu trabalho, como fazer um curso ou assistir a uma conferência relacionada ao meu trabalho.

Eu adoraria saber o que você faz para manter-se, inspirado e criativo?

leia mais
Marketing Digital

7 razões porque você deve investir em Social Media Marketing

Investimento em  Marketing em Rede Social está em constante crescimento e mais e mais empresas estão alocando uma porcentagem maior de seus orçamentos de marketing para mídias sociais.

Cerca de 71% dos profissionais de marketing acreditam que suas empresas podem superar seus concorrentes por meio do uso adequado das redes sociais.

Estas são algumas das razões mais importantes pelas quais as empresas devem investir em marketing de mídia social :

  1. Cerca de um terço dos consumidores usa as redes sociais para transmitir informações aos amigos sobre as empresas que eles seguem. As redes sociais tornaram-se parte integrante da maneira como muitos de nós tomam decisões de consumo.
  2. O marketing nas redes sociais é perfeito para estabelecer sua marca. Uma vez que sua marca tenha seguidores, fãs e outros membros da comunidade em plataformas de mídia social, você pode transformar muitos deles em defensores da sua marca. As gerações mais jovens usam as mídias sociais para quase tudo e o sucesso futuro significa ter presença nas plataformas que usam.
  3. Pesquisas de mercado sugerem que as empresas planejam gastar uma proporção maior de seu orçamento de marketing nas mídias sociais no futuro. As empresas que investem menos no marketing de mídia social estarão em desvantagem competitiva. Com a expansão da tecnologia Wi-Fi e redes de banda larga móvel 3G / 4G, um número crescente de pessoas estão usando seus laptops, smartphones, tablets e outros dispositivos móveis para acessar a Internet a partir de praticamente qualquer lugar, então As empresas que usam mídias sociais com eficiência poderão alcançar essas pessoas praticamente a qualquer hora do dia. As organizações que não estão totalmente presentes e ativas nessas plataformas serão deixadas para trás na carreira de marketing.
  4. A mídia social oferece uma plataforma gratuita e simples para controlar e analisar a opinião pública. Plataformas como Twitter e Facebook facilitam a busca por impressões de consumidores sobre produtos e serviços.
  5. A mídia social pode atuar como um serviço ao cliente e apoiar a rede comercial. Mais e mais empresas usam esses sites para fornecer atualizações de produtos, notícias e até mesmo responder a solicitações de ajuda ou reclamações dos clientes. Por exemplo, ao responder a uma consulta sobre um problema comum com um produto, todos os membros da comunidade online poderão ler a solução. Isso pode ser muito mais eficiente do que responder ao mesmo problema para um grande número de clientes individualmente. A mídia social permite que os clientes forneçam informações instantâneas, o que permite que as empresas respondam de maneira oportuna a questões importantes.
  6. Cada vez mais consumidores consultam redes sociais antes de comprar produtos. Pesquisas sugerem que um em cada três consumidores consulta suas comunidades de mídias sociais antes de decidir qual produto comprar.
  7. Redes sociais ajudam na otimização de mecanismos de busca (SEO). Esse fator pode ser especialmente importante para empresas que vendem produtos e serviços de seus próprios sites. O SEO é a chave para manter um fluxo constante de tráfego para seus sites e isso, por sua vez, pode levar a mais conversões (vendas). Entre as principais mudanças nos algoritmos do Google está a crescente importância da presença nas mídias sociais. Quanto maior o número de recomendações de usuários nas redes sociais, melhor você conseguirá dos mecanismos de pesquisa.

Conclusão: Se você não está investindo em Social Media Marketing e não querem a perder quota de mercado, tem que criar um plano de imediato marketing digital para ajudar você a não ficar para trás e vencer seus concorrentes.

leia mais
Marketing Digital

10 termos do marketing digital que você deve conhecer!

Landing Page, Squeeze Page, SEO, Link Building, ROI…realmente, é muito termo para se confundir dentro do marketing digital!

E por isso, o artigo de hoje trará 10 termos para que você nunca mais faça algum tipo de confusão com eles. É extremamente importante entender o que eles significam, já que serão necessários para diversas áreas dentro do marketing digital. Vamos começar?

Afiliado:

O afiliado é a pessoa que trabalha com a divulgação de produtos na internet. A divulgação pode ser feita através de links, vídeos, blogs ou mini sites. O objetivo é ganhar uma porcentagem em cima de cada venda realizada através do link divulgado por um afiliado. Tem sido um dos mercados de maior procura no marketing digital ultimamente.

Automação de Marketing

A automação de Marketing é um sistema que tem como objetivo facilitar de modo mais rápido e automático tarefas de marketing digital, essas tarefas são programadas de acordo com a necessidade de cada cliente. Cada vez mais se vê tarefas automatizadas no mercado do marketing digital.

Black Hat:

Se você não quer ser banido do Google, nunca utilize o Black Hat, que são técnicas maliciosas para ganhar mais cliques em banners ou para melhorar o ranqueamento de uma página. Dentre as técnicas proibidas, destacam-se banners flutuantes ou banners e palavras-chave camufladas no layout do blog ou site.

Conversão:

O termo significa basicamente uma relação entre atingir uma meta pré-estabelecida e o poder de divulgação de um conteúdo. A conversão pode ser definida como qualquer métrica, vai depender dos objetivos de cada um. Ela pode ser definida, por exemplo, como um clique em uma campanha, a compra de um produto ou a assinatura de um site.

CPC:

Você já deve ter ouvido muito esse termo dentro do marketing digital. CPC significa custo por clique. É o modo como alguns sites como o Google e o Facebook cobram seus clientes que desejam investir em links patrocinados. O CPC de uma palavra é o custo que a pessoa deverá pagar cada vez que ganhar um clique. Se uma palavra-chave dentro de uma campanha tiver um CPC de R$2,00 e a pessoa ganhar 10 cliques, pagará R$20.

Autoresponder:

Autoresponder são softwares que trabalham enviando listas de e-mail marketing de maneira automática para a lista pré-configurada por você. É possível determinar quais e-mails serão enviados, em qual frequência e para quais pessoas. Lembrando que é muito importante avaliar muito bem a segmentação de e-mail por público alvo dentro de um nicho.

CTA:

O famoso Call to Action significa uma chamada para o leitor do conteúdo tomar a ação que você quer que ele tome, como comprar o produto, adquirir um serviço, compartilhar um post, dar um like, comentar, etc.

Funil de Vendas:

O funil de vendas tem uma importância gigantesca dentro do marketing digital. A ferramenta é utilizada para converter leads (contatos) em clientes, através de uma filtração de objetivos e desejos em diferentes etapas.

Long Tail Keyword:

A palavra-chave de cauda longa é uma palavra chave bem mais específica. Seu uso é recomendado para quem quer trabalhar o SEO da página e aumentar o tráfego orgânico. Uma palavra chave comum, por exemplo, seria “ganhar dinheiro online”. Uma palavra-chave de cauda longa seria “ganhar dinheiro online com Google Adsense em blogs”. É importante verificar o CPC e a concorrência das palavras-chave de cauda longa.

Landing Page:

Ao pé da letra, ela pode ser traduzida como página de aterrissagem. É uma ferramenta importantíssima para o marketing digital, já que ela funciona como um tipo de rótulo para o produto. É para ela que um cliente vai se redirecionar quando clicar em um link e se interessar em um produto. Por isso é importante que ela seja redirecionada exatamente para o produto e não para a home do site, para evitar perder tráfego e conversão.

Link Building:

O link building é a construção de uma rede através de links externos do seu blog. Quanto mais sites apontarem para o seu, maiores serão as chances de a sua página ficar bem ranqueada. O único cuidado que se deve tomar é na hora de semear os links para que você não vire spammer. Não adianta fazer um link building em sites ou blogs que não tenham nada a ver com o seu conteúdo. O Google entende muito bem sobre semântica!

SEO:

SEO, ou Search Engine Optimization, ou ainda mecanismo de otimização de busca são várias técnicas que quando utilizadas de maneira correta melhoram o ranqueamento de uma página dentro do Google apenas pelo aumento do tráfego orgânico, sem que seja necessário pagar por isso. Importante frisar que SEO e tráfego pago devem sempre caminhar de mãos dadas, já que um complementa o outro.

Gostou de aprender os 10 termos mais utilizados do marketing digital? Se você tiver alguma dúvida sobre eles, deixe o seu comentário aqui abaixo e não se esqueça de deixar a sua curtida!

leia mais
Marketing Digital

O que é preciso saber sobre leads?

Lead é um dos termos do marketing digital que mais confunde as pessoas. Você já sabe o que significa um lead?

O lead é um contato, é uma pessoa que deixou suas informações pessoais em uma página de captura através de um formulário, mas que ainda não pode ser configurada como um cliente. Por enquanto, não possui nem mesmo qualificação. É apenas um lead.

O que ajuda muitas pessoas a interpretarem o conceito de maneira errada é o fato de que muitas empresas ou agências de marketing digital definem o termo de modo errado, como um contato qualificado pronto para adquirir o seu produto.

Um lead não é um contato qualificado, mas pode se tornar passando por todas as etapas e um funil de vendas. É assim que um prospect se torna um suspect, que finalmente se converte em lead, podendo ou não ser qualificado.

Como um lead se torna qualificado?

Para quase tudo dentro do marketing digital você vai encontrar uma ligação com o marketing de conteúdo, o que não é diferente nesse caso. Você precisa de um conteúdo relevante e de alta qualidade para converter leads.

Para iniciar um processo básico de qualificação, você deve se ater às seguintes etapas:

O que seu público quer? Eles estão procurando por solução? Eles precisam de uma atenção especial?

Um lead não qualificado não é um cliente. Portanto, não o trate como um. Procure encontrar seus principais desejos e dores para começar a moldar o seu conteúdo de qualidade;

Repetindo, um lead não é um cliente. Não utilize nenhum artifício para empurrar à força um produto para seus leads. Você não quer parecer desesperado para vender um produto.

Enquanto você analisa essas questões, comece a pensar no seu funil de vendas. Você precisará de um que funcione muito bem, já que poderá estar lidando com milhares ou centenas de milhares de pessoas.

Após uma análise minuciosa de cada um, você deve ser capaz de qualificar um lead em qualificado, semi qualificado ou descartável.

Não se preocupe em dar atenção demais àqueles que devem ser descartados. Você terá ainda muitas pessoas com quem deve se preocupar, e o foco deve ser dado em leads qualificados, que são aqueles que têm maior propensão em adquirir o seu produto.

Devo focar mais em leads ou nos visitantes do meu site?

Independente da quantidade de visitantes do seu blog, o foco deve ser sempre voltado aos leads e não aos visitantes.

Isso se torna claro uma vez que os visitantes não estão ali com o propósito de comprar. Pelo menos, não inicialmente, diferente dos leads que já forneceram dados de contato com algum interesse a mais.

É fato que é importante aumentar o tráfego de visitantes via SEO ou tráfego pago para que também aumente a probabilidade de você captar um número maior de leads. No entanto, o que algumas empresas / agências consideram número total de leads está errado. Porque o volume total de visitas não tem absolutamente nada a ver com o número de leads.

E acaba não fazendo nenhum sentido ter um número muito alto de visitantes no site com pouquíssimos leads que se tornam clientes. Seria melhor ter um número menor de visitantes, mas uma conversão maior.

Para que esse problema não seja recorrente, a melhor ideia é apostar novamente no conteúdo de qualidade. Você pode manter o foco em alguns pontos importantes:

  • Crie guias com figuras e imagens expressivas para seus leitores, algo que forneça dados reais e importantes, que ajude a resolver suas dúvidas e problemas. Experimente usar infográficos também;
  • Crie um plano através de e-mails marketing. Estude qual a melhor frequência para que eles sejam enviados e evite usar textos extremamente técnicos;
  • Estude o nicho, busque entender o que a concorrência está oferecendo e coloque em um infográfico dados que mostrem para os leitores que você realmente sabe do que fala, comparando diferentes fontes e oferecendo uma nova solução mais adequada e viável;

A geração de leads não é um processo automático que você faz apertando um botão. Com estudo, prática e muito trabalho, em breve você estará fazendo isso com maior facilidade.

Se você ficou com alguma dúvida, deixe a sua pergunta abaixo e não se esqueça de deixar a sua curtida! Compartilhe o post em suas redes sociais e fique de olho para os nossos próximos artigos. Até lá!

leia mais
Marketing Digital

O que é marketing de conteúdo e como ele pode te ajudar!

Você provavelmente já ouviu falar sobre o marketing de conteúdo, correto?

Existente há alguns anos, ele tem tido um ótimo crescimento com o passar dos anos. Mas você sabe a real importância desse modelo de marketing, e como ele pode ajudar seus negócios a terem mais visibilidade?

Afinal, como marketing de conteúdo pode me ajudar? Como faço para entender mais sobre ele? Eu mesmo que preciso realizar essas produções de conteúdo?  As dúvidas sobre esse assunto são recorrentes, mas não se preocupe, em breve você entenderá mais sobre!

Como o marketing de conteúdo pode me ajudar?

O Marketing de conteúdo é uma maneira de você se conectar com o mundo digital, conseguindo, assim, chegar ainda mais perto de seus prospects, além de conhecer seu público-alvo e conseguir um engajamento muito maior com seus clientes.

Muito além de conteúdos para o seu negócio, o marketing de conteúdo te auxilia a criar atração e a gerar um aumento de ROI!

#1 Conteúdo com foco em SEO

Ao optar por esse tipo de marketing, você irá investir em conteúdo que possui foco em SEO e que ajudará você ter um maior engajamento dentro do seu site e/ou blog.

Além do foco em SEO, os conteúdos para o seu negócio serão muito mais persuasivos, e criados com a finalidade correta para o seu negócio, seja através de conteúdos informativos, persuasivos ou que gerem curiosidade do seu cliente.

#2 Aumenta o engajamento do seu site/blog

Falando em engajamento, essa é uma das principais vantagens de investir no marketing de conteúdo! Além de escrever conteúdos com foco em conversão, ele ajuda você a ter um maior engajamento da marca.

Quer que seus clientes te encontrem através das ferramentas de busca? Aparecer na primeira página do google? Então você precisa investir em conteúdos com foco em SEO e conversão. Sem dúvida, eles irão te ajudar a ganhar mais clientes, e você terá um engajamento muito maior!

#3 Aumento de suas vendas

Quando você cria conteúdos com foco em SEO, e também em conversão, você consegue alcançar um número maior de clientes. É preciso que você crie conteúdos altamente persuasivos e que proporcionem os resultados que seu leitor espere de você.

Através de seus conteúdos, você pode aumentar suas vendas, ao mesmo tempo que seu artigo pode ser informativo. Além disso, você pode vir com uma Call To Action que fará total diferença, fazendo com que o seu leitor tenha real interesse em comprar seu serviço e/ou produto.

Uma agência de conteúdo pode te ajudar!

Deu para perceber o quanto o marketing de conteúdo pode auxiliar você, não é mesmo? Você gostou das dicas, mas não tem tempo para escrever seu próprio artigo com foco em SEO e conversão?

Não se preocupe! Existem agências especializadas em conteúdo digital, fazendo com que você consiga aumentar sua rede de clientes através de conteúdos altamente persuasivos, sem precisar gastar tempo com isso.

Se você quer ter conteúdo que realmente faça a diferença dentro do seu negócio, investir nessas agências pode ser uma ótima forma de você otimizar seu tempo, e conseguir fazer seu negócio crescer exponencialmente, dia após dia.

Gostou do nosso artigo? 

leia mais
Marketing DigitalMidias Sociais

5 dicas com as quais o Instagram pode ajudá-lo em seu marketing de mídia social

Você percebeu que cada vez mais comerciantes usam imagens como parte de seu marketing de mídia social ?

Você gostaria de saber como sua empresa pode usar o Instagram?

Neste artigo, mostraremos cinco maneiras de usar o Instagram como uma ferramenta para aprimorar seu marketing digital .

Por que o Instagram?

Nos últimos anos, o uso do Instagram pelas empresas aumentou exponencialmente. Com milhões de usuários, o Instagram se tornou a oportunidade perfeita para algumas marcas enviarem mensagens curtas e fotos para seu público-alvo.

Quando o Instagram começou, era uma maneira simples de compartilhar fotos com seus seguidores e não tinha grande valor comercial.

No entanto, nos últimos anos, o Instagram se revelou uma plataforma eficaz para os comerciantes alcançarem um novo público da maneira que querem ser capturados: com marketing muito visual e mensagens curtas.

Quando você estiver criando seu plano de marketing on-line, não esqueça essa plataforma excelente e subutilizada.

  1. Use seu perfil do Instagram para alcançar um público mais amplo

Os usuários esperaram muito tempo para o Instagram ter uma presença na web, além de aplicativos móveis. Embora já estivesse presente tanto para o iPhone quanto para o Android, as pessoas solicitavam acesso a ele pela Internet.

O lançamento dos perfis do Instagram em novembro de 2012 deu aos comerciantes uma oportunidade melhor de divulgar suas empresas de produção para longe dos telefones celulares.

As fotos que você pode enviar para o Instagram têm um amplo escopo temático e podem dar aos seus seguidores uma ideia melhor do que acontece na sua empresa. Você pode promover qualquer coisa: produtos, serviços, conferências, alguns de seus compradores …

Use seu perfil do Instagram para que todos possam ver como sua empresa funciona com facilidade. Pense estrategicamente em como você deseja que sua conta seja exibida quando todas as fotos forem exibidas em uma página.

  1. Gere intercâmbio com seus seguidores com concursos

O Instagram se tornou uma plataforma popular para realizar concursos de fotografia em que o vencedor será premiado, pois eles também são muito fáceis de fazer.

As empresas devem pedir as partes interessadas para usar um hashtag determinado a marcar suas fotos. De uma forma muito simples, você pode ter um ótimo feedback com seus clientes em potencial, lembrando-lhes também por que eles devem segui-lo.

Um ótimo exemplo de como aumentar seus seguidores e aumentar seu interesse em sua marca com essa prática são os concursos #SonyX e #Sonylove realizados pela Sony no Instagram.

  1. Recompense seus seguidores com códigos promocionais

Sempre que você postar suas fotos, você tem que pensar em algo que irá manter a atenção do seu público para que eles voltem para o futuro. Recompense seus fãs por ver suas fotos e ler as descrições. Assim como algumas empresas podem ser concursos, outras podem pensar que a inclusão de códigos promocionais é mais eficaz.

Descubra o que seu público prefere. Também não estamos dizendo nada de novo, você deve aplicar os mesmos preceitos que você aplica no resto das redes sociais no Instagram, fornecer conteúdo para seus seguidores para mantê-los ligados à sua rede.

Antes de adicionar códigos promocionais em sua campanha, pense se eles serão relevantes para seu público principal, pensando e pesquisando suas informações demográficas e seus gostos. Uma vez feito, pense em uma maneira criativa e única de compartilhá-lo através do Instagram.

  1. Ajude seus compradores

Não há nada como ver um rosto amigável quando você está olhando para a página de uma empresa. Seus compradores são os melhores advogados para sua marca e são uma ótima maneira de falar sobre sua empresa com alguém que a vê no exterior.

Com centenas de análises on-line sobre sua empresa, produtos ou serviços, é melhor incluir parte de sua própria colheita, obtida diretamente de compradores satisfeitos. Use o Instagram para incluir uma fotografia deles e um breve texto que descreva sua experiência com sua empresa.

Quando você faz esse tipo de publicação, certifique-se de que os valores da empresa e a boa experiência que seus clientes tiveram são claros.

Use o Instagram de tal forma que seus compradores sejam representados e seus seguidores se identifiquem com sua empresa ainda mais.

  1. Causar mais interesse em seus eventos

O objetivo de qualquer evento é atrair pessoas e ensiná-las do que seu produto ou serviço consiste e tentar transformá-las em compradores. O Instagram pode ajudá-lo ao dar aos seus visitantes em potencial uma ideia visual sobre o local do evento.

A maioria dos eventos atuais tem um toggle que os visitantes podem usar, ajuda-os a ver o que está acontecendo visualmente.

Ao adicionar o Instagram ao seu mix de marketing do evento, você pode alcançar um público maior e fazer com que mais pessoas o visitem. Se você seguir as imagens que você enviou do evento e também adicionar o seu número de estande e posição, será mais fácil identificar o que é.

Em suma, adicione o Instagram às suas ferramentas usuais de marketing de mídia social . Os compradores querem a experiência mais pessoal e individual possível e essa rede social permite que a marca ofereça isso em tempo real.

leia mais