close
Tecnologia

Call To Action: o que é e como usar no seu site

Quem trabalha com marketing digital já deve ter ouvido falar do Call to Action (CTA), ou “chamada para ação”, traduzido para o português. 

 

De modo geral, essa técnica é amplamente usada para a conversão de leads (potenciais clientes), sendo possível aumentar as chances de venda.

 

Mas o que é de fato um Call to Action e como usar essa tática no seu site?

 

O artigo de hoje irá responder esta pergunta e dar dicas de como aplicar o CTA em seu site, e com isso, conquistar um maior número de leads. Continue lendo!

O que é CTA?

O Call to Action (CTA) é qualquer chamada, seja ela visual ou textual, que tem como objetivo levar o leitor ou visitante do seu site a realizar alguma ação. 

 

Por exemplo, quando estamos em alguma página web e nos deparamos com um botão para download de um e-book. Neste caso, o botão é o CTA.

 

A chamada pode ser usada em várias ocasiões, não só para baixar e-books, mas também quando se conduz o usuário para a conclusão de compra, ou quando o site oferece uma inscrição em newsletter.

 

Imagine, por exemplo, que você está navegando em um blog sobre componentes elétricos e industriais, e se depara com um CTA te orientando a conhecer mais sobre a termografia industrial

 

Quando vemos textos como, “clique aqui”, ou “baixe o nosso material”, isso também é um CTA, em uma chamada textual.

 

Portanto, o Call to Action é uma ferramenta essencial para a promoção de ofertas em marketing digital, bem como para a geração de leads. 

 

Contudo, é necessário escolher o tipo certo de CTA para a sua publicação, de acordo com a etapa do funil de vendas em que o usuário se encontra.

Como escolher o CTA adequado para o seu site?

Para escolher o melhor CTA para o seu site, é importante considerar alguns fatores, tais como:

1 – Veja qual é o estágio do funil de vendas

Em primeiro lugar, é necessário conhecer em qual estágio do funil de vendas está o conteúdo e qual o tipo de visitante ele está atraindo.

 

Por exemplo, para um visitante que acabou de conhecer o seu negócio e ainda não sabe nada sobre o seu produto, pode ser interessante um CTA que traga conteúdo mais aprofundado sobre o item. 

 

Assim, se você comercializa um clp schneider, coloque textos de chamamento para novos conteúdos informativos sobre o equipamento.

 

Mas, se estamos lidando com um usuário que já está mais próximo de realizar a compra, o ideal pode ser um botão que já o leva diretamente para o carrinho, encurtando a jornada do cliente até o fechamento do negócio.

2 – Saiba quem é o público-alvo do seu post

O próximo passo é verificar quem é o seu público-alvo, ou melhor, quem é a persona da publicação. Para isso, é importante colher informações a respeito da audiência, incluindo:

 

  • Faixa etária;
  • Nível socioeconômico;
  • Escolaridade;
  • Profissão;
  • Hobbies e preferências.

 

Por exemplo, um CTA para um webinar sobre o funcionamento de um auto transformador 5000va será interessante para pessoas específicas, por isso, vale mais a pena construir uma chamada mais direcionada.

3 – Escolha o formato do CTA

O tipo de formato é extremamente importante para o CTA, afinal de contas, dependendo do conteúdo publicado, existem modelos mais adequados. 

 

Para escolher o melhor, vale a pena fazer alguns testes, para analisar qual dos formatos oferece a melhor performance.

 

No uso de imagens, vale a pena usar cores chamativas, mas que não cansam o olhar do leitor. Já no caso dos textos, o mais recomendável é usar verbos no modo imperativo, que tendem a influenciar mais as pessoas.

4 – Saiba qual o objetivo do CTA

O call to action funciona como uma sugestão para o usuário realizar uma ação desejada pela empresa, seja a compra de um braquete safira em um e-commerce, o download de um ebook ou a inscrição em uma newsletters.

 

Ou seja, o CTA pode servir para diversos objetivos. No entanto, entre os principais estão:

 

  • Redirecionar o usuário para outro artigo do blog;
  • Inscrição em newsletter ou e-mail marketing;
  • Recomendação de downloads (e-books, vídeos, etc);
  • Direcionamento para landing page;
  • Seguir nas redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram);
  • Participação em eventos;
  • Responder pesquisas da empresa;
  • Encurtar a compra de algum produto.

 

Independentemente do formato, é importante construir um CTA atrativo, com linguagem enfática e altamente objetivo.

Conclusão

O Call to Action é uma das estratégias mais usadas no marketing digital, já que ele condiciona os usuários a realizar alguma ação que, em geral, é benéfica para a empresa.

 

Desse modo, é possível melhorar a conversão de leads, aumentar o número de visitantes na sua página e, até mesmo, melhorar a lucratividade, com o crescimento das vendas.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Amandha Torres

The author Amandha Torres

Amandha Torres é planejadora financeira da Alphaps Version. Formada em Engenharia pela Universidade de Federal de Santo André. Trabalhou em diversas empresas de grande porte e possui vasta experiência no mercado financeiro e imobiliário.

Leave a Response