close
Marketing Digital

10 termos do marketing digital que você deve conhecer!

Landing Page, Squeeze Page, SEO, Link Building, ROI…realmente, é muito termo para se confundir dentro do marketing digital!

E por isso, o artigo de hoje trará 10 termos para que você nunca mais faça algum tipo de confusão com eles. É extremamente importante entender o que eles significam, já que serão necessários para diversas áreas dentro do marketing digital. Vamos começar?

Afiliado:

O afiliado é a pessoa que trabalha com a divulgação de produtos na internet. A divulgação pode ser feita através de links, vídeos, blogs ou mini sites. O objetivo é ganhar uma porcentagem em cima de cada venda realizada através do link divulgado por um afiliado. Tem sido um dos mercados de maior procura no marketing digital ultimamente.

Automação de Marketing

A automação de Marketing é um sistema que tem como objetivo facilitar de modo mais rápido e automático tarefas de marketing digital, essas tarefas são programadas de acordo com a necessidade de cada cliente. Cada vez mais se vê tarefas automatizadas no mercado do marketing digital.

Black Hat:

Se você não quer ser banido do Google, nunca utilize o Black Hat, que são técnicas maliciosas para ganhar mais cliques em banners ou para melhorar o ranqueamento de uma página. Dentre as técnicas proibidas, destacam-se banners flutuantes ou banners e palavras-chave camufladas no layout do blog ou site.

Conversão:

O termo significa basicamente uma relação entre atingir uma meta pré-estabelecida e o poder de divulgação de um conteúdo. A conversão pode ser definida como qualquer métrica, vai depender dos objetivos de cada um. Ela pode ser definida, por exemplo, como um clique em uma campanha, a compra de um produto ou a assinatura de um site.

CPC:

Você já deve ter ouvido muito esse termo dentro do marketing digital. CPC significa custo por clique. É o modo como alguns sites como o Google e o Facebook cobram seus clientes que desejam investir em links patrocinados. O CPC de uma palavra é o custo que a pessoa deverá pagar cada vez que ganhar um clique. Se uma palavra-chave dentro de uma campanha tiver um CPC de R$2,00 e a pessoa ganhar 10 cliques, pagará R$20.

Autoresponder:

Autoresponder são softwares que trabalham enviando listas de e-mail marketing de maneira automática para a lista pré-configurada por você. É possível determinar quais e-mails serão enviados, em qual frequência e para quais pessoas. Lembrando que é muito importante avaliar muito bem a segmentação de e-mail por público alvo dentro de um nicho.

CTA:

O famoso Call to Action significa uma chamada para o leitor do conteúdo tomar a ação que você quer que ele tome, como comprar o produto, adquirir um serviço, compartilhar um post, dar um like, comentar, etc.

Funil de Vendas:

O funil de vendas tem uma importância gigantesca dentro do marketing digital. A ferramenta é utilizada para converter leads (contatos) em clientes, através de uma filtração de objetivos e desejos em diferentes etapas.

Long Tail Keyword:

A palavra-chave de cauda longa é uma palavra chave bem mais específica. Seu uso é recomendado para quem quer trabalhar o SEO da página e aumentar o tráfego orgânico. Uma palavra chave comum, por exemplo, seria “ganhar dinheiro online”. Uma palavra-chave de cauda longa seria “ganhar dinheiro online com Google Adsense em blogs”. É importante verificar o CPC e a concorrência das palavras-chave de cauda longa.

Landing Page:

Ao pé da letra, ela pode ser traduzida como página de aterrissagem. É uma ferramenta importantíssima para o marketing digital, já que ela funciona como um tipo de rótulo para o produto. É para ela que um cliente vai se redirecionar quando clicar em um link e se interessar em um produto. Por isso é importante que ela seja redirecionada exatamente para o produto e não para a home do site, para evitar perder tráfego e conversão.

Link Building:

O link building é a construção de uma rede através de links externos do seu blog. Quanto mais sites apontarem para o seu, maiores serão as chances de a sua página ficar bem ranqueada. O único cuidado que se deve tomar é na hora de semear os links para que você não vire spammer. Não adianta fazer um link building em sites ou blogs que não tenham nada a ver com o seu conteúdo. O Google entende muito bem sobre semântica!

SEO:

SEO, ou Search Engine Optimization, ou ainda mecanismo de otimização de busca são várias técnicas que quando utilizadas de maneira correta melhoram o ranqueamento de uma página dentro do Google apenas pelo aumento do tráfego orgânico, sem que seja necessário pagar por isso. Importante frisar que SEO e tráfego pago devem sempre caminhar de mãos dadas, já que um complementa o outro.

Gostou de aprender os 10 termos mais utilizados do marketing digital? Se você tiver alguma dúvida sobre eles, deixe o seu comentário aqui abaixo e não se esqueça de deixar a sua curtida!

Leave a Response